Loja Nó faz collab com duas marcas

Voltada para homens, varejista faz sua primeira coleção em colaboração para o inverno com a upcycling RoRo Rewind e a Plágio.

Criada há cerca de um ano, a multimarcas Nó dedica-se ao público masculino. A intenção, diz a loja, é desatar os nós dos padrões impostos pela moda para homens. O ponto na Vila Buarque na divisa com Higienópolis reforça a opção pelo moderno, já que se trata de um bairro que ensaia uma revitalização na capital paulista. A collab de estreia juntou as marcas RoRo Rewind e Plágio na coleção Ateliê Moderno, voltada para o outono/inverno 2019 da loja.

A campanha com o modelo Matheus Martins foi fotografada por Gianfranco Briceño. Ao todo, a coleção tem 30 modelos, entre peças escolhidas da upcycling RoRo Rewind a partir de alfaiataria de reuso de macacões e calças em modelagem oversided-fit. O mesmo shape volumoso é adotado pela Plágio, como o moletom-vestido, a camiseta regata e a jaqueta com mix de tecidos de neoprene, ribana e piquê.

A cartela de cores inclui preto e cinza, com espaço para rosa, lilás, marrom e amarelo. As peças da collab custam para o varejo entre R$ 170,00 e R$ 400,00.

PORTFÓLIO MULTIMARCAS

A Nó trabalha com marcas de moda contemporânea como Cemfreio, Saint Studio, Projeto01, Gávea, DarkLevel, Makra, Lovestyle, StayUgly, 1991, Psicotrópica, Pitô e Kitecoat. Para o jeans, escolheu trabalhar com a Malwee, “por conta do caráter ambiental adotado pela empresa que reusa 100% da água do processo produtivo”, ressalta a multimarcas.

Em maio, o Grupo Malwee informou que o sistema da estação de tratamento de efluentes permite reutilizar até 200 milhões de litros de água por ano nos processos industriais como um todo. Na ocasião, a empresa destacou ainda que ao optar pelo uso de ozônio e laser para aplicar efeitos no jeans, o gasto de água na produção de uma calça de denim cairia dos cem litros atuais para 200 mililitros. A inovação ainda vai reduzir o custo das peças em cerca de 4% — a companhia fabrica aproximadamente 1 milhão de calças jeans por ano. A Malwee não informou, porém, em quanto tempo atingiria essa meta.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider