Verão 2020 de resgate para a Santista

Nova coleção inclui releitura de três artigos que foram sucesso de vendas do fabricante, além de novidades elásticas

Prestes a completar 90 anos, comemorados em 2019, e mudando de acionista controlador, comprada pelo grupo mexicano Siete Leguas, a Santista Jeanswear lançou o verão 2020 de olho na própria história. Do acervo selecionou três sucessos de venda, que foram renovados para as demandas atuais e para um público que não os conheceu. Como o clima da moda continua a gravitar entre o final da década de 1990 e os 2000, o fabricante relançou o True Blue e a família First Denim, além de mais seis novidades elásticas.

O True Blue foi lançado para uma marca americana que tinha produção local no início dos 2000 como uma base 100% algodão de cross bem marcado. Duas décadas depois, o artigo de 11,5oz incorporou elastano na composição, na proporção de 1% e estiramento de 15% para dar conforto à base de algodão. O cross foi suavizado, conta Débora Meyer, da área de desenvolvimento de produto da Santista.

O First Denim foi lançado na versão UP, um puro índigo com 1,3% elastano e 28% de power combinado a 98,7% de algodão. A indicação é de empregar lavagens para chegar a tons médios para acompanhar modelagens antigas. O First Denim 80’s usa 100% algodão com peso de 12,7 oz.

MAIS SEIS LANÇAMENTOS

Entre as novidades de tecido para a temporada está o lançamento de uma nova tonalidade de tingimento, a Orion, em black blue que estreou com o Burn. O tom é mais claro que o intenso Galaxy, do Yaga, outro novo produto do verão 2020. “É para o vintage claro, mais fácil de limpar em lavanderia”, explica Débora sobre a nova cor.

Smiths é outro black blue com o maior power da estação (48%), usando a Tri-blend Technology da Santista, com T400, e certificação Lycra Beauty. O denim moletom retorna com visual que visa fugir do aspecto de malha. É o caso do Bubble. “É uma base encorpadinha para ser usada tanto no feminino quanto no masculino, que tem cara de jeanswear para ser trabalhado em lavanderia”, destaca a executiva.

Basquiat é índigo blue de estrutura bem fechada e com toque empapelado. Também de tingimento azul, o Tamash recebeu recobrimento colorido para dar contraste profundo em marcação de costura mais e reservas.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider