Originalidade e criatividade desafiam o mercado da moda

A Newcolor, especializada em etiquetas, entra na briga e amplia o investimento em pesquisa de matérias-primas inusitadas para oferecer aos clientes itens exclusivos

 

 Em tempos em que as referências andam gastas, uma vez que os clássicos já serviram de inspiração para tudo, em todas as áreas, criatividade é um item bastante apreciado. Pensando nisso, na última semana, a equipe de pesquisa da Newcolor Etiquetas invadiu a capital paulista à procura de matérias-primas inusitadas para servir de base para a coleção verão 2009.

 

Segundo Lelo de Souza, coordenador de moda da empresa, uma grande variedade de materiais foi catalogada. “Posso adiantar que selecionamos itens reciclados e inusitados que irão surpreender a todos”, promete. Com o tema Natureza Criativa (ainda em fase de desenvolvimento), a empresa comemora, em 2009, duas décadas. Motivo pelo qual a Newcolor está buscando se superar.

 

Souza antecipa que as novas peças irão trabalhar os cinco sentidos. Com muita insistência, ele revela que o cetim aparecerá com efeito destroyer; a gaze, quem diria, sofre fusões, se misturando ao couro e ao plástico na concepção de produtos diferenciados; e muitas sobreposições. A leveza é o eixo condutor das pesquisas. Voal e musseline, por exemplo, estarão presentes para conferir às peças transparência e fluidez. Materiais que lembram água – plástico sobre bases inusitadas, criando aspecto de bolhas – evocam a natureza.

 

A criatividade estará representada pelas comunidades das mulheres rendeiras, famosas na cidade de Florianópolis (SC), e dos índios do Rio Grande do Sul. Ambos assinarão peças da Newcolor. O resultado dessa intensa busca por inovação será apresentado ao mercado em dois meses, em janeiro de 2008.

foto: grafites em muro de São Paulo / equipe Newcolor