Cedro investe em tingimentos escuros

Dessa forma, o denim da nova coleção Nós permite uma gama mais diversificada de lavagens a partir de um mesmo produto

Com a coleção Nós, a Cedro Têxtil decidiu investir em tingimentos de azul fechado no denim, de modo a permitir gama bem diversificada de lavagens para um mesmo produto. Também prevaleceu no desenvolvimento da nova coleção os tecidos de construção elastizada, tanto para o denim quanto para os coloridos. Ao todo, são 13 lançamentos para a temporada, sendo sete da linha de denim e seis da linha de coloridos.

Entre as novidades de denim com tingimento em tons muito escuros, Eduardo Paixão, estilista da empresa, aponta quatro bases, seis delas em construção de algodão com elastano. Super power, com 70% de estiramento, o Ross é uma base azul sobretinta de preto. Tem peso de 8,3oz e 1,44 metro de largura. Igualmente super elastizado, de 65% de power, o Sochi usa azul de tonalidade intensa sobre tecido com 1,55 metro de largura.

O Harvey tem tingimento special dye que é uma tricromia, combinando o índigo com dois corantes sulfurosos. “Isso dá variedade de cor bem interessante”, assegura Paixão. O tecido tem 1,56 metro de largura, peso de 8,9oz e estiramento entre 36% e 46%. Segundo o estilista, o tecido é indicado sobretudo para modelagens masculinas. Já o Ayuni tem uma estrutura bem fechada, com 50% de power e 1,60 metro de largura. É azul com preto azulado de sobretingimento para garantir marcação de costura e reserva em tons bem contrastantes.

Em termos de construção no denim, um dos destaques é o Foxy, um denim com trama de poliéster texturizado, uma variação criada para o fio parecer algodão. Tem, assim, menos brilho e a peça confeccionada com esse tecido seca mais rápido, garante a empresa. O Foxy pertence à família super elastic.

Outro azul, o Falcor tem 50% de power, peso de 10oz e 1,56 metro de largura. O Potter II é um derivado que modificou o fio de anel para open end, conta Paixão. Tem 9,5oz e é o único dos lançamentos de denim com 71% algodão, 27% poliéster e 2% elastano (de 3% a 42% de power).

LANÇAMENTOS DA LINHA COLOURS INCLUEM UM SUPER LEVE

Pela primeira vez, a Cedro trouxe um tecido da linha de uniformes para a divisão de moda. É o Flan, um maquinetado de 4oz, recomendado para a produção de peças leves, como camisas, vestido ou mesmo para o infantil, aponta o estilista da empresa. É uma base rígida, com 65% algodão e 35% poliéster.

Os demais são bases PT para tingimento em lavanderia. A Cedro criou e recomenda uma cartela de cores de médias para claras, mas alegres. A indicação vale para o Lito Blanc, de construção cetim com 65% de algodão, 26% poliéster e 2% de elastano com alongamento de 72%. O Maya é um 98% algodão e 2% elastano de 36% de power e com largura de 1,50 metro.

Outros dois lançamentos da linha Colours foram desenvolvidos em base PT 100% algodão estampada para simular textura, como um sarjado. O Rayê I tem estampa preta, enquanto o Rayê II tem estampa bege. “Tem que analisar a cor de tingimento para não matar a estampa”, adverte Eduardo Paixão, estilista da Cedro.

O Class Plus tem estrutura panamá de 1,70 metro de largura, sendo a versão de um produto em linha que recebeu toque peletizado que ajuda a dar caimento ao tecido, ressalta o estilista.

RECURSOS DE REALIDADE AUMENTADA

No book da coleção anterior, a Cedro incluiu alguns recursos de realidade aumentada. Para a Nós, o fabricante estendeu os efeitos para o book inteiro. “Agora todos os artigos do book têm a foto de uma peça em realidade aumentada e uma receita de lavagem associada”, descreve o estilista.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider