Vicunha na SPFW destaca assimetrias

Com apoio a nove marcas que desfilaram no evento, fabricante aponta o que considera principais apostas da estação.

Como balanço de sua participação na SPFW N48, a Vicunha Têxtil destaca o apoio fornecendo tecidos a marcas consagradas, como Gloria Coelho, ou a jovens talentos como Lucas Leão, do Projeto Estufa. Ao todo, nove estilistas usaram denim ou sarja do fabricante nas coleções desfiladas. As parcerias incluem Amapô, Another Place, Neriage, Angela Brito, Isaac Silva, AÕ e Korshi01.

De acordo com a empresa, em comum as coleções trabalharam o jeans com acabamentos diferenciados, recortes assimétricos e sobreposições. “Principalmente nos looks das marcas estreantes, que trabalharam com camadas e contraste de tecidos fluídos e robustos”, analisa a Vicunha em nota à imprensa. Entre as marcas que recorreram a acabamentos diferenciados cita a Amapô, que usou o denim Bradley, um artigo 100% algodão.

Sobre a base, as estilistas Pitty e Carô aplicaram lavagem do tipo stonewash, seguida por tingimento. Com essa combinação, alcançou visual de fundo texturizado, com pigmentos de cor por cima, descreve a Vicunha. Já Glória Coelho usou a sarja Haiti Plus que originalmente tem tom bege. Recebeu revestimento de pelica prata, que deixou a peça aspecto metalizado brilhante.

No caso da Another Place, a assimetria derivou do jogo de opostos. A marca escolheu o denim Pine, artigo da linha Absolut Eco, para mesclar o verso e o avesso em recortes de combinações irregulares. A marca recorreu ainda à sarja Ice Breeze em combinação de preto e branco.

Outros como Angela Brito e Isaac Silva trabalharam as sobreposições. Brito usou a sarja Husky, pelo lado avesso em peças de alfaiataria e referências a corsets desestruturados. Isaac Silva preferiu o crepe 100% viscose Evian para looks fluidos e em camadas, como calças, camisas, saias, bermuda, vestidos e blusas alongadas.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider