Fashion Snoops antecipa inverno 2020

Como parte do lançamento do Gotex Show 2019, em setembro, a feira de sourcing promove palestra de macrotendências de moda

Para o inverno 2020, as coleções terão perspectivas diferentes a explorar, mas que passam todas elas pelo bem estar e pelo futuro dos humanos. A moda de aspecto rústico e natural permanece como uma delas. Outra linha avalia as roupas de apelo funcional, pensadas para proteger o corpo diante das mudanças climáticas e com múltiplas funções. A valorização do conforto em formas e tecidos sinaliza mais um rumo para a temporada. E se nada der certo pela terra é bom olhar para o espaço, acompanhando as experiências de transporte interplanetário.

As quatro variantes foram apresentadas por Camila Toledo, diretora para o Brasil do birô Fashion Snoops, que deu uma prévia da estação em apresentação para convidados. O evento marcou o lançamento da feira de sourcing Gotex Show, cuja sétima edição está marcada para 10 a 12 de setembro, no Expo Center Norte, em São Paulo (SP). É o terceiro ano que a plataforma americana de tendências participa da grade de palestras do salão de negócios.

No preview, Camila Toledo abordou quatro macrotendências para o outono-inverno 2020/21. Mas ressalta que, em setembro, a abordagem será mais comercial, de confirmação. Os temas da estação são: o minimalista Clarion; o utilitário Inhabit; o confortável Resonance; e o futurista Techtopia. Para o jeans, a diretora do Fashion Snoops destaca o retorno às coleções da sarja, colorida ou estampada, para jaquetas e calças. O denim malha também retorna para roupas com volume como pede a estação, aponta Camila.

INSPIRAÇÃO
= arquitetura e paisagens de países como Noruega e Dinamarca, ou Suíça
= a recente imagem do buraco negro e as viagens espaciais, com seus trajes e as paisagens de fora da terra
= efeitos das mudanças climáticas

CORES
= turquesa, uma das principais tonalidades da temporada.
= os azuis dos lagos suíços e das geleiras.
= o cinza azulado dos lagos noruegueses.
= off white pendendo para o cinza, não para o baunilha.
= rosas, violáceos e pink chique (não néon).
= terrosos continuam, mas recorrendo às muitas variantes dos cogumelos.

MATERIAIS
= denim malha; sarja.
= couro, lã, tweed, veludo, madeira; fibras naturais.
= tricô, malha canelada; crepe e chiffon.
= plumas, paetês e pelo de carneiro.
= tecidos impermeáveis como náilon, plástico e vinil, utilizados como materiais de longa duração.

FORMAS
= alfaiataria é importante, reta e limpa, com camisas, casacos e vestidos.
= calça cenoura com volume e amarração na cintura; calça pijama.
= blazer comprido o suficiente para, quando fechado, usar como vestido.
= macacão com pegada de uniforme, escapando do estilo militar.

ESTAMPAS
= padrões monocromáticos; estamparia digital.
= xadrez continua, mas revisto, de formas maiores, padronagem desbotada ou bem colorido.
= matelassê não necessariamente no náilon; pode vir aplicado em malhas e no jacquard ou mesmo no couro.
= flores e folhas ganham dimensão com fundo escuro, porém a imagem não pode ser chapada.
= girafa, é o bicho da vez.

AVIAMENTOS
= zíperes funcionais e botões de pressão; cordinhas para puxar.
=metais para decorar peças, como as de tricô.

DETALHES
= amarrações capuz, gola alta; mangas volumosas; bolsos grandes e com utilidade; recortes.
= efeitos de corrosão; foil metalizado.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider