Corte straight retorna à passarela

Nos desfiles internacionais, o jeans reto para mulheres aparece com o comprimento de pernas alongado para usar com salto alto.

Não é a forma predominante para o jeans feminino, mas as calças straight ganharam vida nos desfiles internacionais. E já começam a aparecer nas ruas vestidas por moças antenadas com a moda. Dessa vez, o modelo foi resgatado do limbo da caretice ao adotar o comprimento de pernas alongado. Ideal para usar com botas ou sandálias de salto alto, em temporada na qual o sportswear e, portanto, o tênis perdem espaço nas coleções. Dá para combinar ainda com malhas cortadas e blusas brancas de manga bufante e laço no pescoço.

Marcas de luxo como Coach, Versace, Michael Kors, Salvatore Ferragamo, Brandon Maxwell, Celine e Helmut Lang incluíram o jeans straight nas coleções endereçadas ao outono/inverno gringo, que coincide com o nosso verão. A maioria trabalhou o jeans straight com a cintura alta.

A Zadig & Voltaire desfilou um conjunto de camisa com a parte de trás mais longa e calça straight de estampa com camuflado em tons sóbrios.

Helmut Lang preferiu uma opção mais quente, com a calça em tom de amarelo fluor, com muitos recortes e estonado leve.

Céline mostrou a opção clássica de jeans straight branco em estilo 90’s, mas com a barra varrendo o chão, combinado a um blazer marinho longo com botões dourados. Em outra versão, a calça em denim, também de pernas muito longas, é usada com casaco curto, de corte quadrado.

Também em denim, o modelo da Coach reabilita o vinco marcado em calça usada com casaco do tipo safári.

Michael Kors combina o corte straight com casacos, um longo preto e outro em estilo lenhador americano (caramelo com pele).

Os demais colocam o modelo no formato clássico, apenas com a perna levemente alongada.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider