Cetiqt lança tendências do inverno21

Marcado pela propagação da covid-19 pelo mundo, estudo para a temporada foi estruturado sobre três antídotos, no lugar de temas.

Para a temporada de outono-inverno 2021, o Senai-Cetiqt lançou seu caderno de tendências pela web. Fez um webinar pelo Youtube e deixou as informações principais abertas na plataforma Inova Moda Digital lançada há dois anos. Em meio à propagação da covid-19 pelo mundo, a equipe de moda da instituição deixou de lado a divisão convencional por temas. Estruturou o outono-inverno a partir do que chama de três antídotos à situação de pandemia que estamos vivendo. Escolheu Esperança, Confiança e Prazer.

Diante de tanta instabilidade as pessoas buscam esperança, na forma de alívio espiritualizado ou de conexão com a natureza, destacou Chris Rangel, consultora responsável por conteúdo da plataforma Inova Moda Digital. Essa busca passa pelo uso da tecnologia em materiais que propiciem conforto e proteção às roupas. Ela citou tecnologias regenerativas e desenvolvimento têxtil envolvendo a aplicação de bactérias probióticas, como lactobacilos, para neutralizar o mau cheiro de suor. Segundo a consultora, essas fibras especiais são aplicadas de forma localizada nas regiões mais afetadas em tops, como as axilas.

O antídoto Confiança está relacionado com o que aconteceu no passado, mas com leveza em suas representações. Fala sobre a moda conectada ao tempo. Envolve materiais de aspecto artesanal obtido com alta tecnologia. Ela cita as peles artificiais, que asseguram a propriedade de aquecer e o toque suave das peles de animal. Também aponta o couro falso obtido de biomaterial, basicamente a partir de processos de compostagem.

Prazer é o terceiro antídoto. “Funciona como escape para ganhar fôlego e arejar nosso dia a dia”, explica Chris Rangel. Nessa abordagem, a tecnologia serve como parâmetro de interação com o consumidor, na forma de aplicações de inteligência artificial ou realizada aumentada.

AS CORES E FORMAS DA TEMPORADA

O Cetiqt montou três cartelas de cores, uma para cada antídoto. Ao todo, são 28 tonalidades, e apenas duas se repetem. Neutros são base para combinações com tons leves e delicados, em Esperança; sombrios com toques de luz, em Confiança; e cores elétricas, em Prazer. Uma boa referência para a estação é o quarto filme da saga Matrix, prometido para 21 de maio de 2021, envolvendo realidade paralela e viagens no tempo.

Já estava prevista, e agora avança, a tendência de retrabalhar o workwear com técnicas de alfaiataria. Também inclui uso de rendas, com referências que misturam a estética da renascença e do barroco.

O trabalho nas marcas tende a fazer coleções menores e várias por ano, mas evitando a superprodução. Dar vida nova a produtos acabados em estoque, no lugar de liquidar, também faz parte do repertório.

São conceitos da estação segundo o Cetiqt: bem-estar holístico, segurança, empatia, localismo (consumo local privilegiado), resiliência, transparência, transformação digital e tecnologia de moda.

GALERIA DE FOTOS (crédito Senai-Cetiqt)

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider