Uma nova geração de designers do jeans

Fotografada em Trancoso, no litoral baiano, a nova coleção é apresentada pela atriz Bruna Marquezine, a namorada do poderoso Neymar.

Conheça o perfil dos finalistas do Concurso Lycra Future Designers e suas criações

Realizada na última semana, a final do Concurso Lycra Future Designers apresentou para o mercado novos talentos do design do jeans, que mostraram sua criatividade por meio de suas criações em denim. Com 766 inscritos, o projeto selecionou apenas 12 participantes para a grande final, que premiou, os estudantes André Lucian e Clara Cohen, do Rio de Janeiro (RJ), e Luana Cascais, de São Paulo (SP).

 

Nessa matéria do Espaço Talento você conhecerá os outros nove finalistas do Concurso Lycra Future Designers, tendo a chance de conferir o perfil, a inspiração e as criações de cada um deles.

 

Claudia Regina Martins



 

Aos 31 anos de idade, a estudante cursa o último ano de Moda na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo (SP). Inspirada pela diversidade e modernidade da mulher brasileira, Claudia criou modelos versáteis para o concurso, destacando a possibilidade da mudança de visual nas peças por meio de zíperes e botões.



 

“A estrutura das peças lembra alfaiataria e os cortes são justos. Todos os modelos contam com tops e bottoms, e dá para modificar o corte da peça tirando as mangas, a parte de baixo de saias longas e outras partes presas por zíperes e botões. Juntando os cinco modelos e suas peças removíveis, é possível montar até 50 looks diferentes”, explica Claudia.

 

Os modelos criados incluem vestido, casaco, calça, saia, top, jaqueta e macacão. Sem trabalhar beneficiamentos nas peças, a estudante optou por aviamentos como tachas e ilhoses, além de pespontos feitos com linhas metálicas, para diferenciar suas criações.

 

Danielly Cristina Narimato



 

Cursando o terceiro ano de Design de Moda na Universidade Estadual de Londrina, a estudante paranaense tem 20 anos de idade. Tendo a diversidade étnica e cultural do Brasil como tema, Danielly criou macaquinhos e vestidos com sobreposições e recortes curvos e retos para a competição.

 

“Criei modelagens mais justas, já que o jeans trabalhado tem elastano na composição, e fiz tingimentos e lavagens para diferenciar o tecido. Alvejamento com reserva de resina foi uma das técnicas usadas, além dos tingimentos em preto, vermelho, branco e amarelo. Trabalhei algumas estampas florais e geométricas nas peças também, feitas por mim no tecido”, conta Danielly.

 

Denise Emy Shirane



 

Aos 22 anos de idade, a estudante paulista cursa o último semestre de Moda na USP. Inspirada pelo universo dos Beatles, Denise pesquisou as músicas e o histórico da banda, traduzindo o estilo dos músicos e o lado lúdico de suas criações no jeans.



 

“Criei quatro vestidos e um casaco, e trabalhei bastante as texturas, franzidos e bordados. As peças são bem estruturadas e atemporais, com referências da idade média, e contam com zíperes e ilhoses, além de tule, na composição”, comenta Denise.

 

Juliana Yumi Moriya



 

Com 26 anos de idade, a estudante do curso de moda do Senai de Curitiba, no Paraná, também é formada arquiteta, e usou a experiência para montar uma coleção inspirada nas metrópoles e no caos urbano. Short, calça, body, saia e vestidos estão entre as peças confeccionadas para o concurso, e as bases usadas variam entre blue e black.



 

“Trabalhei recortes e retalhos de tecido em patchwork, além de texturas, processadas em lavanderia. Destróier e amaciamento são alguns dos beneficiamentos que apliquei nas peças, e tentei compor looks mais direcionados ao lado comercial da moda. As modelagens são todas justas, e detalhes em couro também entram nos modelos”, afirma Juliana.

 

Larissa Lustosa Aragão



 

Prestes a terminar o curso de Design de Produto na Universidade do Estado do Pará, a estudante de Belém (PA) tem 21 anos, e participa pela segunda vez da final do Concurso Lycra Future Designers, tendo sido uma das finalistas da categoria moda praia na competição realizada em 2009. Batizada de Desabrochando Moda, a coleção criada por Larissa tem cada uma de suas peças inspirada em um tipo diferente de flor, como tulipa, lírio e jasmim.



 

“Deixei os tecidos sem processos de lavanderia, e trabalhei mais o jeans desfiado. Há volumes diferentes nos modelos da coleção, e juntei fibra de tururi amaciada e tingida com o jeans para alcançar as formas desejadas”, explica Larissa. Segundo ela, cristais também foram usados para compor o miolo das flores em algumas das peças.

 

Natalia Bertolo



 

Cursando o último semestre na Universidade Feevale, no Rio Grande do Sul, a estudante de Novo Hamburgo tem 22 anos, e baseou sua coleção na poesia Apelo à Pele, que fala sobre as interferências e desgastes pelos quais a pele passa ao longo do tempo.

 

“Quis mostrar o jeans como uma segunda pele, usada como proteção e remetendo a armaduras medievais. As articulações das peças são bem marcadas, e uma das calças é feita com o denim tramado do começo ao fim”, explica Natalia, acrescentando que metais e tachas pintadas com spray foram os prncipais aviamentos usados nos modelos.

 

Patrícia Gimenez Britto



 

Com 23 anos, Patrícia cursa o último ano de Moda na Universidade Anhembi Morumbi, em São Paulo (SP). Misturando alfaiataria e streetwear, a estudante paulista criou modelos de calça, colete, vestido, shorts e blazer para a final da competição. Inspirada pelo filme Edward, Mãos de Tesoura, a coleção retrata a vontade do personagem de se libertar das roupas comportadas em que o vestem ao longo da história.



 

“Usando ácido e água sanitária, fiz alguns trabalhos de tie-dye nas peças, e há, também, muitos recortes presos por alfinetes para lembrar o filme. Tela metálica, zíperes e correntes aparecem bastante nos modelos, e quis dar uma aparência militar às peças”, conta Patrícia.

 

Renata Lampert



 

Com 19 anos de idade, a mais nova das participantes do concurso está prestes a se formar no curso técnico de moda do Senac. Baseada na chegada do homem à Lua, a coleção da estudante de Porto Alegre (RS) inclui vestidos, macacão e macaquinho. Com apelo comercial, os modelos não contam com trabalhos de beneficiamento, e os enchimentos que compõem os detalhes das peças foram preenchidos com silicone.



 

“Trabalhei enchimentos e nervuras, assim como os macacões, para remeter às roupas espaciais, e inclui uma peça mais conceitual, também, como uma versão das vestimentas dos astronautas. Para os detalhes, usei aviamentos como zíperes e tachas bem discretos”, comenta Renata.

 

Taciana Massignani



 

Aos 21 anos, a finalista do concurso faz o último ano do curso de Moda no campus Cianiorte da Universidade Estadual de Maringá, no Paraná. Tendo a tulipa negra como tema da coleção, Taciana estudou os shapes e as lavagens tendência do verão 2011 para desenvolver suas peças, confeccionadas em bases de cinza e blue.



 

“Criei modelos de vestido, jaqueta, calça, jegging e camisa para a coleção. As lavagens lembram nervuras e desgastes, e usei sobreposições e formas arredondadas na estrutura das peças. Rebites e pedrarias aparecem como detalhes, e os bordados contam um pouco da história da tulipa negra, que tem muitas lendas a seu respeito”, explica Taciana.

fotos: GBLjeans / divulgação Invista