White Milano expande hub sustentável

Para acomodar a área de moda responsável, o evento realizado logo em seguida à Milão Fashion Week ganhou mais um anexo.

O hub de sustentabilidade do salão de negócios White Milano expandiu. De modo a acomodar a área de moda responsável ganhou mais um anexo. Ali foi feita uma instalação para hospedar os cinco temas cruciais à economia que opera sobre bases sustentáveis: água; produtos químicos; mudanças climáticas; resíduos; e pessoas. Para cada nicho, a organização convidou uma empresa que tenha encontrado uma solução.

A marca californiana Boyish, que em julho começou a ser vendida na britânica Selfridges, ocupou o nicho Água. Foi escolhida pela proposta de jeans alternativo para mulheres, de estilo vintage. Vem ganhando espaço pela questão eco e empenho em não levar os preços para a estratosfera pelos padrões dos mercados desenvolvidos. Uma calça da coleção atual custa em torno de US$ 190 (algo em torno dos R$ 750).

A empresa defende que sustentabilidade tem a ver com a eficiência dos processos produtivos. A marca terceiriza a produção. Mas escolhe fornecedores alinhados com seus propósitos de reduzir ao máximo o desperdício e os resíduos. Afirma que só compra denim feito com algodão certificado ou de fibras recicladas. As peças são feitas na Tailândia em fábricas auditadas em relação ao respeito ao meio ambiente e cumprimento dos direitos trabalhistas, assegura. As etiquetas são feitas de materiais reciclados. Botões e rebites usam metal reciclado.

Para lavar o jeans, trabalha com lavanderia que usa tecnologia como os geradores de ozônio e vaporizadores. Emprega enzimas de base neutra e ativadas em água fria para os trabalhos de descarregamento. Assim, economiza água e a energia que seria necessária para esquentar a água. Até as embalagens são compostáveis (que podem ser usadas para produção de adubo).

MUDANÇA DE DATA E AUMENTO DE PÚBLICO

Do hub Give a Fokus, também participaram empresas como a Econyl, com tecnologia para produção de fios de náilon reciclados. Também foram convidadas empresas com soluções de etiquetas inteligentes e outras com sistemas de rastreabilidade do processo desde o campo até o produto final vendido no varejo.

Realizada de 19 a 22 de setembro, a White Milano recebeu 27.934 visitantes, 3% a mais que na edição de setembro de 2018. Além do mix dos negócios e temas, o aumento de público também é associado às mudanças incorporadas nessa edição. O salão de negócios foi montado na mesma época da semana de moda de Milão (de 17 a 23 de setembro), aproveitando a presença dos compradores para os desfiles. Antes ocorria depois da MFW.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider