Vilejack passa a desenvolver só coleções masculinas

A marca irá incrementar a participação das linha de camisaria e malha, de modo a aumentar a produção em 25%

 

empresa contratada para fazer serviços de logística

 

A partir da coleção de inverno, a Vilejack, de Belo Horizonte (MG), controlada pela Cia do Jeans, passou a ser uma marca essencialmente masculina. A empresa também irá alterar o perfil do mix de produtos da marca, de forma a dar mais importância para as linhas de camisaria e malharia. A Cia do Jeans pretende aumentar a produção em 25%, mediante o reforço dessas linhas.

 

A produção da Vilejack é terceirizada e corresponde a um volume de aproximadamente 200 mil peças por mês. Hoje, o jeans representa 65% nas vendas da marca.

 

“Como a linha de camisaria está em constante crescimento, decidimos interromper a comercialização de roupas femininas, para dar mais atenção aos produtos masculinos”, conta Abras. O empresário ressalta que existe, ainda, a pretensão de aumentar as vendas da Vilejack nas regiões norte e nordeste, ainda este ano. “Estamos reformulando nossa equipe de representantes nessas regiões”, diz ele. A marca conta com uma carteira de 4,5 mil clientes ativos.

 

 

De acordo com Fernando Abras, proprietário da Cia do Jeans, a coleção feminina era pouco significativa nas vendas.

foto: divulgação