Vilejack comemora 30 anos, em junho

A marca, controlada há quase dez anos pela empresa mineira Cia do Jeans, mantém o ritmo de 250 mil peças por mês, destinadas a homens e mulheres de 30 a 50 anos

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

A Cia do Jeans programa o lançamento de uma campanha em âmbito nacional para comemorar os 30 anos da marca Vilejack, que a empresa mineira assumiu em 1999 depois que a Vilejack Industrial faliu. A marca é vendida em cerca de 3 mil lojas de todo o Brasil, atingindo 250 mil peças produzidas, em média, por mês, voltadas para homens e mulheres entre os 30 e os 50 anos.

 

O investimento na campanha comemorativa ainda está em estudo, explica Fernando Abras, proprietário da Cia do Jeans, fundada em 1995. Atualmente, uma rede de 45 representantes responde pela comercialização das peças. A partir deste mês, eles começam a vender também a coleção da Scanner, a marca caçula, criada há um ano e meio e que, até agora, era comercializada em duas lojas próprias localizadas em Belo Horizonte (MG).

 

Segundo Abras, esse é um passo para expandir a atuação da Scanner no mercado brasileiro. O próximo passo será implantar o modelo de franquia, projeto previsto para entrar em operação a partir de 2009 nos grandes centros. Para a Scanner, marca de moda jovem para homens e mulheres, a Cia do Jeans produz entre 5 mil e 6 mil peças por mês, embora a produção seja completamente terceirizada, explica o diretor.

 

Outro plano da Cia do Jeans é abrir uma filial no Espírito Santo que cuidará da importação de itens como calça social, camisa em tecido plano e camiseta pólo, a serem vendidas com a própria marca. “Vamos começar ainda neste primeiro semestre”, informa Abras. A empresa está avaliando em que cidade capixaba montará a filial, que cuidará também da distribuição dos produtos.

 

Atualmente, a produção das duas marcas está terceirizada para cerca de 30 fornecedores, entre facções e lavanderias. O controle, do recebimento do pedido ao faturamento, é todo integrado pelo sistema ERP Linx Global Fashion, implantado na empresa desde 2004.

 

foto: reprodução