Riachuelo terá corner da Levi’s

Por enquanto, a ação está restrita a 26 das 316 lojas que a varejista opera e ao e-commerce, com mix diferente de produtos.

Com 90 lojas em operação no Brasil, a Levi’s negociou um atalho para expansão da marca no varejo local. A partir de 21 de novembro terá mais 26 pontos de venda físicos, graças ao acordo que costurou com a Riachuelo. Nessas unidades, a varejista vai montar corners da marca, do tipo store in store, anunciaram as empresas em comunicado ao mercado. Até meados de outubro, a Riachuelo contava com 316 lojas em operação.

Para esses espaços, o mix inclui modelos específicos de camisetas, calças das linhas 510 (masculina) e 700 (femininas), além de jaquetas trucker. O acordo inclui a comercialização pelo e-commerce da varejista. E, nesse caso, a seleção será mais ampla com produtos para homens, mulheres, crianças e adolescentes, tanto de roupas quanto de acessórios. São artigos cujo range de preços começa em R$ 89,99 e chegam a R$ 389,99.

No comunicado à imprensa Rui Araújo Silva, diretor geral da Levi’s no Brasil declara: “O momento da marca contribui para esse novo passo. Estamos em constante crescimento e comprometidos em nos consolidarmos no mercado brasileiro. A parceria com a Riachuelo é estrategicamente pensada para criar e estreitar relacionamento com novos públicos”.

PRODUÇÃO LOCAL

A maior parte dos produtos será feita no Brasil, uma vez que desde meados de 2017 a Levi’s retomou a produção local. A Levi’s mantém acordo com a cadeia americana Walmart, que era estendido ao Brasil, com linhas comercializadas em unidades da rede atacadista do grupo Sam’s Club. Mas, o Walmart saiu do mercado brasileiro há cerca de um ano, vendendo as operações para o Grupo Big, controlado pela empresa de investimentos Advent. Ainda é possível encontrar produtos da Levi’s nas lojas Sam’s, como calças e polos, mas não está claro se o contrato permanece com os novos controladores.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider