Despacho rápido

Encontro discute formas de incluir mais empresas no regime expresso linha azul

Na próxima semana, em data a ser confirmada, representantes do Instituto Procomex e da Receita Federal se reúnem para discutir quais são as possibilidade de incluir mais empresas no programa linha azul. Até março, um grupo de 12 empresas estava autorizado a importar e exportar por meio da chamada linha azul. O Procomex é uma entidades composta por  instituições do setor produtivo, ONGs, organismos internacionais, especialistas entre outros profissionais, que discute mecanismos para modernizar o sistema aduaneiro brasileiro.

 

? Linha Azul
Regime aduaneiro especial, de adesão voluntária e habilitada pela Receita Federal. As mercadorias das empresas do programa seguem direto para o canal verde e o despacho é mais rápido. Em contrapartida, as empresas garantem que cumprem as obrigações aduaneiras, tributárias, de documentação e de cadastro. Podem aderir ao regime expresso, companhias com patrimônio líquido acima de R$ 20 milhões e fluxo comercial de US$ 10 milhões.