Privalia apura ganho com loja física

O outlet de moda na web abriu um ponto em São Paulo contabilizando R$ 1,8 milhão em quatro dias de venda.

Para comemorar dez anos de mercado, o Privalia decidiu colocar um pé no varejo físico. Abriu uma popup store na capital paulista. E, pelo jeito, gostou do que encontrou. O balanço do outlet digital de moda, baseado em ações de flash sale, indica que a empresa contabilizou R$ 1,8 milhão em quatro dias de vendas. Chamada de Casa Privalia, a iniciativa estima a comercialização no período de 35 mil peças, de marcas nacionais e de fora, e público de 7 mil pessoas.

“Já conhecíamos nossos clientes pela base de dados do site. Mas, com a Casa Privalia sabemos, agora, quem é o consumidor em todas as dimensões. A experiência nos trouxe insights que, sem dúvida, transformarão as ofertas de serviços e produtos nas nossas plataformas digitais”, declarou Fernando Boscolo, presidente da Privalia no Brasil, em comunicado à imprensa.

FATURAMENTO CRESCEU

Desde 2016, o Privalia pertence ao grupo francês Vente-Privee, que controla outros sites de venda de artigos de moda e que opera sob a marca Veepee. De acordo com reportagem do jornal espanhol El País, em 2018, o Privalia faturou € 656,3 milhões, crescimento de 18,8% em relação aos € 547,7 milhões registrados em 2017. O lucro cresceu quase 47%, passando de € 17,9 milhões, em 2017, para € 26,3 milhões em 2018.

Ainda segundo a reportagem, a Espanha sustentou cerca de € 215 milhões da receita do ano passado. A Itália contribuiu com € 198 milhões. O Brasil arrecadou € 153 milhões, e o México corresponderia a € 91 milhões. O Grupo Vente-Privee teria registrado receita anual em 2018 de € 3,7 bilhões. De acordo com o Privalia, no Brasil, o site conta uma base relevante de 11 milhões de usuários ativos.

GALERIA DE FOTOS

previous arrow
next arrow
ArrowArrow
Slider